Geolocalização no varejo: veja como usar essa estratégia e venda mais

É essencial sempre buscar novas estratégias para fazer o seu supermercado crescer. Afinal, somente assim você não ficará para trás. Neste cenário, saber o que é e como utilizar a geolocalização no varejo pode fazer toda a diferença para os resultados do seu comércio. 

Ao acompanhar esse texto, você irá perceber que, ao utilizar de maneira inteligente a geolocalização, tanto você quanto o público (sejam os seus clientes fieis ou aqueles que ainda não conhecem/foram até o seu supermercado) sairão ganhando. Confira!

Para ter sucesso com a geolocalização no varejo, marque sua presença no ambiente digital

A geolocalização funciona como um mapa que mostra a localização das pessoas. E seu uso pode variar de acordo com quem a utiliza. 

Sabe quando você abre o Google e ele indica para você quais são os estabelecimentos próximos? Isso é feito por meio da geolocalização. E, atualmente, isso é extremamente importante. Afinal, mais do que nunca, as pessoas estão preferindo ir aos supermercados de vizinhança e eles estão apresentando maior procura e tendência de crescimento. 

Não importa se é para evitar aglomerações, ajudar o comércio local e/ou passar menos tempo fora de casa. O que importa é que essa é uma realidade. Por isso, é essencial que, quando o público que está ao redor do seu supermercado abra o Google, ele fique ciente disso.

Assim sendo, antes de a gente continuar a explicar como funciona a geolocalização no varejo e a sua importância, é hora de ressaltar algo imprescindível: estar no Google.

Para isso, cadastre a sua loja no Google meu negócio, uma ferramenta gratuita que permite que você seja mais facilmente encontrado no Google. Ali, você pode colocar informações sobre a sua loja (horário de funcionamento, telefone para contato, endereço, entre outros) fotos, cadastrar produtos e ofertas e… É claro, ser visto por um número muito maior de pessoas que buscam por supermercados na região.

O Google, quando bem utilizado, além de entregar ofertas de estabelecimentos próximos de onde o cliente está, permite que o varejista consiga atrair esse consumidor para dentro da loja. Ou seja, é uma maneira muito eficiente de atrair novos clientes. 

Usando a geolocalização sua loja será facilmente encontrada – e você também poderá encontrar e identificar melhor o seu público

Se você chegou até aqui, já compreendeu que estar no Google faz com que o público ao redor da sua loja encontre o seu supermercado facilmente, certo? Mas como fazer o caminho inverso: ou seja, você conhecer e identificar possíveis compradores que estão pela região?

Uma boa sacada é utilizar uma ferramenta completa de Gestão de Clientes, por exemplo. Com ela, você cria o seu Clube de Descontos exclusivo, cadastra os clientes que fazem compras na sua loja e, assim, identifica seus hábitos de compra.

Porém, mais do que isso, você também passa a ter o endereço dessas pessoas no seu banco de dados. Então, cruzando esses dados e segmentando-os, é possível criar campanhas de grande valor – tanto para o seu varejo, quanto para os clientes.

Pense que você terá, em suas mãos, informações como:

  • Os principais interesses dos seus clientes;
  • Quais produtos eles costumam adquirir;
  • Quanto costumam gastar, entre outros!

Então, da mesma forma que estar online vai permitir que os consumidores encontrem você, tendo uma software de Gestão de Clientes, você também poderá encontrar – e, mais do que isso, compreender, surpreender e conquistar – esses clientes!

Ao utilizar a geolocalização no varejo, você passa a ter uma vantagem competitiva

A geolocalização permite que você tenha uma visão geral da região em que fica o seu supermercado. Assim, você identifica quais são seus clientes ativos naquele local, os prospects e, também, os inativos. Ou seja, que deixaram de comprar na sua loja nos últimos meses e que, provavelmente, estão comprando na concorrência.

Com essas informações, está nas suas mãos desenvolver campanhas segmentadas e assertivas para aquela região. É hora de buscar entender o que fez aqueles clientes não comprarem mais com você e, então, tentar reverter isso.

Por exemplo: com os dados da ferramenta, você percebe que a maioria dos seus clientes está em um raio de 2km e que são poucos os consumidores em um raio de 5km. Ao analisar a região, percebe que tem um concorrente seu lá e talvez seja essa a dificuldade para atrair clientes mais distantes. Esse insight permite que você desenvolva campanhas voltadas para essa região, melhorando os seus resultados.

A geolocalização pode ser um termômetro para mostrar como está o seu relacionamento com o cliente

Pense na seguinte situação:

Você costumava entregar encartes em uma determinada região e observava no seu mapa de clientes que o índice de clientes ativos naquele local era bom. Em determinado mês você decidiu parar de entregar os encartes lá, afinal, acreditava que já tinha clientes fiéis. Como resultado, teve várias marcações de clientes inativos em seu mapa. 

Com essa análise, você pode montar uma estratégia de comunicação e relacionamento mais eficiente. Esses dados indicam que, nesses locais, é preciso pensar em mais ações para manter o seu cliente por perto. 

Geolocalização no varejo: faça campanhas exclusivas de acordo com a localização do cliente

Se fizer sentido para a sua loja, você pode mandar uma SMS e fazer uma promoção exclusiva para clientes que moram em um raio de até 5km do seu supermercado, por exemplo. Basta segmentar essas pessoas e, com isso, fazer a sua ação.

Para as pessoas que moram nessa região próxima, um bom exemplo de campanha é oferecer entrega grátis e/ou express (em até uma hora), por exemplo.

Sabemos que o valor da entrega é algo que pode desestimular os clientes a comprarem por outros canais (sites, aplicativos, televendas, marketplaces, entre outros). Então, pensar em uma forma de fazer essas entregas de forma mais barata e ágil pode ser um diferencial do seu supermercado frente à concorrência. Ademais, é uma forma de manter o seu cliente seguro, em casa, evitando aglomerações na sua loja.

Ainda, lembramos que os “5km” que citamos acima é apenas um exemplo. Afinal, com a ferramenta, além de você conhecer os clientes ativos e inativos, você também verifica os consumidores que moram entre 5km e 10km da sua loja, mais do que 10km, entre outros.

Benefícios de usar a geolocalização no varejo: 

Por fim, selecionamos alguns tópicos que podem fazer com que você compreenda ainda melhor sobre quais são as principais vantagens de utilizar a geolocalização no varejo. Destaque para:

  • Localizar e compreender onde estão seus clientes ativos, inativos e prospects;
  • Ser mais facilmente encontrado pelo público;
  • Obter informações valiosas da região e, com isso, poder desenvolver ações assertivas para atrair ou fidelizar clientes;
  • Verificar regiões ideais para abrir novos PDVs;
  • Compreender se as pessoas da região costumam comprar do seu varejo e/ou da concorrência;
  • Verificar onde a sua loja está com desempenho ruim e, então, pensar em ações para conquistar novos clientes nessa região, entre outros!

Pronto para usar a geolocalização no varejo a favor do seu supermercado?








Entre em contato

Tire todas as suas dúvidas através do Whatsapp
clique aqui