A importância dos supermercados para o País

De acordo com o Ranking ABRAS/SuperHiper 2021, divulgado ontem (20) pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), durante um evento virtual, as ações do setor supermercadista, realizadas no ano passado, durante a pandemia, foram essenciais para contribuir não só com o abastecimento da população, mas também a geração de renda no País. 

Conforme os números trazidos pelo Departamento de Economia e Pesquisa da ABRAS, em parceria com a Nielsen, o setor reúne 3 milhões de colaboradores (diretos e indiretos), que atuam em 91.351 lojas, e faturou R$ 554 bilhões no ano passado, representando 7,5% do PIB nacional.

Além disso, a ABRAS divulgou também o ranking das 20 maiores empresas supermercadistas do País no momento. E no topo da lista apareceu o Grupo Carrefour, com o faturamento total de R$ 74,7 bilhões, composto por R$ 51,8 bilhões do Atacadão e R$ 22,9 bilhões pelo Carrefour; seguido do GPA, que ocupou respectivamente a segunda e terceira colocação, com bandeiras diferentes: o Assaí Atacadista, do GPA com a cisão, que registrou o faturamento de R$ 39,4 bilhões, e o próprio GPA, com R$ 31 bilhões.

Confira o Ranking completo:

1° - Grupo Carrefour Brasil (R$ 74,7 bi)

2° - Assaí Atacadista (R$ 39,4 bi)

3° - GPA (R$ 31 bi)

4° - Grupo Mateus (R$ 14,3 bi)

5° - Cencosud (R$ 9,4 bi)

6° - Super Muffato (R$ 9 bi)

7° - Supermercados BH (R$ 8,9 bi)

8° - Comper (R$ 8,8 bi) 

9° - Zaffari (R$ 6,1 bi)

10° - DMA Distribuidora (R$ 5,8 bi)

11° - Mart Minas (R$ 4,6 bi)

12° - Sonda Supermercados (R$ 4,1 bi)

13° - Savegnago (R$ 4,1 bi)

14° - Grupo Lider (R$ 3,5 bi)

15° - Grupo Zaragoza (R$ 3,3 bi)

16° - Supermercados Koch (R$ 3,2 bi)

17° - Grupo Bahamas (R$ 3,1 bi)

18° - Companhia Sulamericana de Distribuição (R$ 3 bi)

19° - Angeloni (R$ 2,9 bi)

20° - Super Nosso (R$ 2,9 bi)








Entre em contato

Tire todas as suas dúvidas através do Whatsapp
clique aqui